Vila Romana de Freiria

Na zona leste do concelho de Cascais, junto a um dos afluentes da Ribeira da Lage localiza-se um ponto de interesse arqueológico de nome Vila Romana de Freiria. Já conhecia esta villa através de, por exemplo, painéis informativos da CMC –  Câmara Municipal de Cascais, no entanto, só a visitei pela 1ª vez durante a última quarentena, num dos meus passeios higiénicos, no qual capturei as fotos colocadas ao longo do artigo.

Tendo em conta os vestígios cerâmicos que se encontram em áreas circundantes, é possível afirmar-se que este território já seria ocupado por outras comunidades anteriores ao Império Romano, cerca de 1000 anos AC.

a voz de paço de arcos online imagem rínas da vila romana da freiria
Celeiro da Vila

A sepultura romana foi comunicada em 1912 pelo arqueólogo Vergílio Correia, sendo que os trabalhos de exploração e escavação acabaram por ter início apenas nos anos 80, em duas fases distintas, Guilherme Cardoso e José d’Encarnação.  O vasto material arqueológico recolhido tem permitido o desenvolvimento de uma série de  trabalhos científicos, apresentados em várias publicações de diversas áreas.  

Deste local destacam-se o Celerio, o moinho que lhe está associado, e outros elementos de produção alimentar, como o lagar e o forno. Não é de descurar, por outro lado, a necrópole e as termas.

Para visitar o diverso espólio recolhido, do qual se destaca um quadrante solar, agulhas e alfinetes de origem orgânica, e uma ara consagrada à divindade indigena Triborúnio, deve-se ir ao Museu da Vila, onde também se podem encontrar os restantes depósitos arqueológicos do concelho.

Este ponto de referência histórico é visitável desde Setembro de 2018. O espaço está diariamente aberto entre as 10 horas da manhã e às 18 horas, sendo que a visita tem a duração prevista de 30 minutos, feita pelos passadiços e apoiada pelas pelos painéis informativos distribuídos pelo local. A CMC informa no seu website que é possível marcar uma visita guiada.

Quantas estrelas esse artigo merece?

Classificação média 3 / 5. Votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a classificar esse artigo

Como você achou este artigo útil ...

Partilhe-o nas redes sociais

Lamentamos que este artigo não lhe tenha sido.

Ajude-nos a melhora-lo!

Diga-nos como podemos fazê-lo.

close

Quer receber as nossas notícias em primeira mão?

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Usamos cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.