Poesia

Guerra Na Ucrânia

Facebook
Twitter

(início em 24/02/2022 )

Num EXODO doloroso,

fogem da maldita guerra,

mulheres, crianças e idosos.

Deixam as suas raízes, a sua terra

por bombas destruída.

Alguns ficam defendendo a Pátria.

Aí onde estás ó CRISTO:

-EXORTA o inimigo cruel,

que a UCRÂNIA precisa de viver a vida.

Ouve o ranger de dentes,

desta BARBÁRIE a que assisto.:

-Que em vez de água, bebem das bombas o fel.

Não queremos ver crianças a morrer,

as violações vão dar ao mundo, filhos sem pai :

– Que hão-de nascer!

Derramaste teu sangue pela humanidade

por crentes e não crentes.

Mas estás novamente cruxificado pela maldade

pela ânsia do poder!

Nos refugiados, nos que são violados.

Nas mães que fogem com os filhos nos braços

nos que morrem cravejados d ‘estilhaços.

A vida em flor , em valas jaz .

CRISTO acaba com a guera!

Dá-nos a Paz !

Oeiras 2022-04-21

Virgínia Branco.

Quantas estrelas esse artigo merece?

Classificação média 0 / 5. Votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a classificar esse artigo

Como você achou este artigo útil ...

Partilhe-o nas redes sociais

Lamentamos que este artigo não lhe tenha sido.

Ajude-nos a melhora-lo!

Diga-nos como podemos fazê-lo.

close

Quer receber as nossas notícias em primeira mão?

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Mais Por Explorar

Guerra Na Ucrânia

(início em 24/02/2022 ) Num EXODO doloroso, fogem da maldita guerra, mulheres, crianças e idosos. Deixam as suas raízes, a sua terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.