Poesia

Eu com o Grupo Orpheu

Facebook
Twitter
Viajava eu entre jornais
de épocas retardadas
revivendo outras jornadas
de respeitáveis entes imortais.

Tropecei no Grupo Orpheu
em seus escritos, impressos, manuscritos
reconstruí e devorei outros interditos
passado de heterónimos versibilísticos,
outros EU!

Geração isorrítmica que manifestou
sua alta chama e sua vincada crença
elevada erudição de uma Presença
páginas - companheiras que em tal saber nos ficou!

Recordei então de novo Pessoa
nesse choque de emoções devastadoras
deixado para as gerações vindouras
febre delirante em Reis ou Caeiro qu'inda soa!

Com Cesário Verde, cantei Lisboa, porque Lisboa é cantante
mesmo que em seu choque agreste de novecentos
juventude dilacerada de tristezas e talentos
entre o campo e a cidade vive errante!

Depois misturei versos
e telas que o tempo conservou
em museus, estações, monumentos da memória
dum Almada que também nos deixou história
em geometrizados murais que então pintou!
Ou então folheio Mário de Sá-Carneiro

obra medida, rimada ou branca, mas também diversa
onde há uma “Dispersão” feita de promessa
que me chega em clamores de “fantasmas”
“nevoeiro”!

E conduzia-me o passado a tantos mais
quase que em campa rasa hoje rebuscados
retratos incertos agora retocados
por vezes, cínica fama em frágeis pedestais!

Seus textos são revolvidos, esquadrinhados
ilustres amortalhados pela escuridão
alguns, perseguidos por seus rasgos de razão
postos aos ombros por uns ou então crucificados!

O modernismo foi fermentado nesta ingratidão
em que os de Orpheu deixaram lutas e fervor
onde encontro páginas e páginas de revolta e dor viris denúncias...
que valem o que valem...
que são o que são!

Lisboa, Martinho da Arcada, 1997
Mário Matta e Silva

Quantas estrelas esse artigo merece?

Classificação média 0 / 5. Votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a classificar esse artigo

Como você achou este artigo útil ...

Partilhe-o nas redes sociais

Lamentamos que este artigo não lhe tenha sido.

Ajude-nos a melhora-lo!

Diga-nos como podemos fazê-lo.

close

Quer receber as nossas notícias em primeira mão?

Não enviamos spam! Leia a nossa política de privacidade para mais informações.

Mais Por Explorar

Eu com o Grupo Orpheu

Viajava eu entre jornais de épocas retardadas revivendo outras jornadas de respeitáveis entes imortais. Tropecei no Grupo Orpheu em seus escritos, impressos,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.